0

Simulado enfermagem saúde pública

http://enfermageandotc21.blogspot.com.br/
TOTAL 40 Perguntas




01. A vigilância epidemiológica tem como principal finalidade:

A. Tratar os casos de doenças que acometem os trabalhadores locais
B. Promover reciclagem dos profissionais que atuam na imunização
C. Promover medidas que incentivem a boa cobertura vacinal
D. Fazer distribuição dos medicamentos dos programas de tuberculose e hanseníase
E. Desenvolver ações para evitar o surgimento e a disseminação de doenças infectoparasitárias

02. A vacina contra o sarampo deve ser administrada a partir dos:

A. 3 meses
B. 5 meses
C. 6 meses
D. 9 meses
E. 12 meses

03. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), define-se saúde como:

A. Completo estado de saúde mental
B. Estado de completo bem-estar físico, mental e social
C. Ausência de doenças ou enfermidades
D. Prestação global de assistência ao doente acamado
E. Direito de todas as raças, independente de sexo, religião ou cor

04. Com a simples medida de introdução de água de rede de abastecimento, ocorre a imediata melhora do seguinte indicador de saúde:

A. Mortalidade materna
B. Morbidade por sarampo
C. Mortalidade infantil
D. Letalidade por hanseníase
E. Morbidade por difteria

05. Tendo em vista a interrupção da história natural de um agravo à saúde, a vacinação da população infantil é a atividade denominada:

A. Proteção específica
B. Promoção da saúde
C. Assistência secundária
D. Controle epidemiológico
E. Prevenção terciária

06. Os soros podem ser usados com finalidade profilática e devem ser administrados o mais precocemente possível, após a exposição de pessoas suscetíveis a determinados agentes infecciosos. A administração dos soros caracteriza imunização:

A. Artificial
B. Passiva
C. Ativa
D. Total
E. Natural

07. A cólera é uma doença bacteriana, cujo período de incubação é de 1 a 5 dias e seu reservatório comum é o homem. Sua transmissão se dá pela:

A. Água, urina de rato e alimentos contaminados
B. Água, alimentos contaminados e fezes dos portadores da doença
C. Urina de rato, água e fezes dos portadores da doença
D. Urina de rato, fezes dos portadores da doença e alimentos contaminados
E. Picada de insetos do gênero Anopheles

08. As medicações orais do esquema de quimioterapia antituberculose devem ser administradas em uma só ingestão, de acordo com o seguinte esquema:

A. Diariamente e, de preferência, em jejum
B. Em dias alternados e, de preferência, à noite
C. Diariamente e, de preferência, à noite
D. Em dias alternados e, de preferência, em jejum
E. Uma vez por semana

09. A vacinação contra a febre amarela é indicada para:

A. Tabagistas, etilistas sociais e pessoas sedentárias
B. Viajantes para áreas endêmicas
C. Crianças menores de 3 meses
D. Todos os maiores de 60 anos
E. Toda pessoa que apresenta icterícia

10. Qual o principal transmissor da febre amarela urbana?

A. Barbeiro
B. Pernilongo vulgaris
C. Toxoplasma gondii
D. Aedes aegypti
E. Pernilongo tropical/silvestre

11. No controle da dengue é indispensável à atuação no nível:

A. Dos roedores
B. De meio ambiente
C. Individual
D. De vertebrados
E. Coletivos

12. A associação de desnutrição com a ocorrência de doenças infecto-contagiosas na infância aumenta a sua gravidade. Uma doença que confirma tal caso é:

A. Pitiríase versicolor
B. Exantema súbito
C. Pediculose
D. Escabiose
E. Sarampo

13. A saúde como "direito de todos e dever do estado" tem sua base legal sustentada pelos seguintes atos:

A. Parecer 163/82 e Resolução 04/72
B. Lei 2.604/55 e Decreto-lei 50.387/61
C. Lei 7.498/86 e Decreto-lei 94.406/87
D. Constituição Federal /88 e Lei 8.080/90
E. Parecer 271/62 e portaria ministerial de 04/ 12

14. Das doenças a seguir relacionadas, aquela que se inclui entre as doenças profissionais é:

A. Nefrite
B. Hepatite
C. Poliomielite
D. Tenossinovite
E. Encefalite

15. A percepção da saúde como direito de cidadania é um dado novo na história da política social brasileira. Nesse contexto, a noção de saúde tende a ser percebida como:

A. Conjunto de condições coletivas de existência com qualidade de vida
B. Expressão de decisão e gestão exclusiva do Estado
C. Visão medicalizada da saúde de forma globalizada
D. Compreensão da saúde como um estado biológico
E. Estado de ausência de enfermidade

16. As complicações mais comuns do sarampo estão representadas por:

A. Manchas de Koplik e tosse
B. Febre e erupção papular
C. Diarréia e coriza
D. Conjuntivite e diarréia
E. Pneumonia e otite média

17. O agente etiológico da doença de Chagas é:

A. Echinococcus granulosus
B. Plasmodium vivax
C. Schistosoma mansoni
D. Treponema pallidum
E. Trypanosoma cruzi

18. No contexto do sistema de vigilância, a investigação epidemiológica tem por finalidade:

A. Detectar fontes de infecção
B. Avaliar comportamento endêmico de doenças na população
C. Fazer um estudo de amostras destinado a consolidar dados
D. Apoiar os meios de comunicação
E. Inferenciar características dos casos

19. De acordo com as propostas da 8ª Conferência Nacional de Saúde (CNS), o sistema público de prestação de serviços de saúde deverá dar atendimento:

A. A nível primário a toda população carente
B. A nível secundário a toda população, independente da classe econômica
C. Em todos os níveis (primário, secundário, terciário) a toda população
D. Dar atendimento em nível terciário a 2% da população
E. Apenas no nível terciário

20. Nos caminhos do direito à saúde, o movimento que assegurou a universalização do acesso aos serviços de saúde, a integração das ações e a unificação dos serviços concretizaram-se através:

A. Sistema Único de Saúde - SUS
B. Ações Integradas de Saúde - AIS
C. Sistema Único Descentralizado da Saúde - SUDS
D. Programa Nacional de Serviços Básicos da Saúde - PREV-Saúde
E. Conselho Nacional de Administração da Saúde Previdenciária – CONASP

21. Fazem parte da doutrina do Sistema Único de Saúde (SUS), exceto:

A. Centralização
B. Universalidade
C. Eqüidade
D. Integralidade
E. Todas as alternativas anteriores

22. Ano em que foi criado pelo Ministério da Saúde o programa nacional de imunizações (PNI), que teve como prioridade o controle da poliomielite, sarampo, difteria, tétano, coqueluche e, subsidiariamente, tuberculose:

A. 1972
B. 1973
C. 1975
D. 1978
E. 1980

23. Os preceitos do SUS de universalização, integralidade e hierarquização visam à reestruturação do sistema de saúde. Em relação aos cidadãos, estes preceitos implicam a:

A. Satisfação das necessidades assistenciais no nível primário de atenção à saúde
B. Comprovação do local de moradia para ter acesso à assistência médica
C. Contribuição à previdência social para ter acesso à assistência médica
D. Utilização de diferentes níveis hierarquizados de atenção à saúde
E. Suplementação dos custos dos serviços prestados

24. A eqüidade, um dos princípios do SUS, ainda é uma meta distante no nosso sistema de saúde devido à (ao):

A. Dificuldade de acesso da maioria da população aos serviços de saúde
B. Difícil acesso de cidadãos de raça negra à atenção à saúde
C. Oferta generalizada de serviços de atenção primário
D. Acesso desigual a medicamentos para tratamento
E. Acesso amplo a práticas preventivas de saúde

25. A ocorrência epidêmica restrita a um espaço extremamente delimitado, como um colégio ou um quartel, é considerada:

A. Surto endêmico
B. Surto epidêmico
C. Epidemia regional
D. Surto regional
E. Surto sazonal

26. Os principais sintomas da malária são:

A. Febre, dores pelo corpo, diarréia, falta de apetite e tonteira
B. Falta de apetite, sensação de cansaço, rigidez de nuca e tremores
C. Dor abdominal, diarréia, petéquias, tremores e sensação de cansaço
D. Dor de cabeça, convulsões, sialorréia e petéquias
E. Tremores, falta de apetite, sensação de cansaço e petéquias

27. A malária é uma doença grave provocada por protozoários do gênero Plasmodium que penetram no homem pela picada de mosquitos infectados do gênero Anopheles, sendo sua forma mais grave provocada pelo gênero:

A. P. falciparum
B. P. vivax
C. P. malariae
D. P. ovale
E. P. hominins

28. Em vacinação de rotina na Unidade Sanitária, as situações que contra-indicam temporariamente a aplicação de vacina em criança é a utilização de corticosteróides ou:

A. Interrupção do esquema de vacinação
B. Temperatura acima de 38°C
C. Ocorrência anterior da doença
D. Reação intensa à vacinação prévia
E. Apresentação de estado gripal

29. De acordo com o calendário de imunizações, a partir de que idade uma criança deve ser vacinada contra o sarampo e qual a via de administração?

A. Ao nascer, via IM
B. Aos 4 anos, via subcutânea
C. Aos 4 meses, via IM
D. Aos 12 meses, via subcutânea
E. Aos 9 meses, via IM

30. O controle de diurese é um dos cuidados de enfermagem indicados nos casos de cliente com:

A. Leishmaniose
B. Leptospirose
C. Salmonelose
D. Mononucleose
E. Paracoccidioidomicose

31. Uma das complicações graves da febre tifóide é a:

A. Hemoptise persistente
B. Colecistite aguda
C. Pielonefrite crônica
D. Perfuração intestinal
E. Miocardite bacteriana

32. A epidemiologia pode ser definida como:

A. Ciência que estuda a relação saúde-doença em uma comunidade, analisando a distribuição e os fatores determinantes dos agravos à saúde
B. Ciência que estuda a mortalidade e sua relação com as zoonoses
C. Serviço ambulatorial que fiscaliza e determina as vacinas que devem ser aplicadas no esquema básico
D. Estudo das morbidades e mortalidades evidenciadas no momento de uma comunidade
E. Prática de saúde pública em que os profissionais fiscalizam as condições sociais e ambientais da população

33. Em uma localidade afastada do centro da cidade, não se faz a coleta do lixo. Visitando a comunidade, um agente de saúde pública explicou a melhor maneira de eliminar o problema, para não haver propagação de doenças, nem poluição do ambiente. Tal agente sugeriu que essa comunidade procedesse, com o lixo, da seguinte maneira:

A. Queimando-o na rua
B. Despejando-o no rio
C. Embrulhando-o em jornal
D. Enterrando-o no quintal
E. Espalhando-o em um valão

34. O Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem foi aprovado pela Resolução:

A. COFEN 51, de 24/03/71
B. COFEN 159, de 19/04/93
C. COFEN 160, de 12/05/93
D. COFEN 173, de 21/06/94
E. COFEN 189, de 25/03/96

35. Nas viroses eruptivas, aquela que se caracteriza pelas manchas de Koplik é:

A. Meningite
B. Hepatite
C. Rubéola
D. Sarampo
E. Parvovirose

36. A tuberculose é considerada um problema de saúde pública, pois:

A. Ainda é muito freqüente no Brasil e é uma doença contagiosa
B. Apresenta distribuição uniforme pelo Brasil
C. Tem alta incidência nas camadas mais abastadas
D. É tratada somente pela rede pública de saúde
E. Não possui tratamento medicamentoso

37. O HIV, agente etiológico da AIDS, é usualmente transmitido por quaisquer meios que incluam contato com esperma e sangue. Outro mecanismo de transmissão da referida doença é:

A. Através de artrópodes
B. Pela ingestão de água contaminada
C. Através da convivência habitacional
D. Da mãe para o filho durante a gravidez
E. Pela ingestão de alimentos contaminados

38. Uma das doenças cuja vacinação no primeiro ano de vida está indicada pelo
Programa Nacional de Imunização (PNI):

A. Tifo
B. Tétano
C. Malária
D. Meningite
E. HIV

39. As vacinas contra o sarampo, antes de serem despejadas na rede de esgoto, deverão sofrer o seguinte processo de inativação:

A. Exposição à luz solar por 2 horas
B. Autoclavação a 125°C
C. Congelamento a -1°C
D. Ebulição por 10 minutos
E. Não é necessária inativação

40. O trabalho de um enfermeiro na prevenção da infecção hospitalar pós-operatória deve basear-se na classificação das cirurgias pelo potencial de contaminação. De acordo com esta classificação, são consideradas operações contaminadas:

A. Cirurgias de reto e ânus com pus
B. Feridas traumáticas limpas
C. Histerectomias abdominais
D. Cirurgia de catarata
E. Neurocirurgia



Nenhum comentário:

Postar um comentário